Make your own free website on Tripod.com


INOCÊNCIA
 

Meu neto teu mundo é lindo
Todo em miniatura
Está sempre se expandindo
E nem bate na tua cintura,

Tem casa com várias fachadas,
Um cachorrinho sem dentes,
Vaquinha com tetas rosadas,
Pintinho que dá pulos valentes.

Chutas com curtas passadas,
A bola que estiver na frente,
Para cada tetéia quebrada,
Tens uma sobressalente,

Passas pelas horas tinindo,
Criando sem noção, sem mira
Sempre te ajudo fingindo,
Que não é só de mentira.

Tens defensor e patrono,
E as vontades acatadas,
Tuas coisas resguardadas,
Durante as horas de sono,

E sempre um fiel capanga,
Te amparando com ternura,
Enquanto transitas de tanga,
Tramando nova travessura.

Que demore bastante a chegar
o tempo da realidade,
Que aos poucos irá se apossar
De tua mente, corpo e vontade,

E como um toque de clarim
Teu reinado será desfeito
Não que o mundo seja ruim
Mas o teu é tão perfeito

(Nilcéa Oliva de Lyra)

Voltar